HashTech

Por dentro da Tecnologia

O futuro é dos carros elétricos!

electric car 674862 1920Os carros como conhecemos hoje, com motor exclusivamente à combustão, devem estar com os dias contados. Em julho, o Ministro do Meio Ambiente da França, detalhou ao Financial Times os planos para que o país deixe de vender carros movidos a combustíveis fósseis em 2040. Para isso, deverá haver incentivos financeiros ao carros movidos com tecnologias alternativas, bem como um aumento das taxas nos carro antigos, de combustão interna.

De acordo com a Bloomberg, a China também está planejando encerrar a produção e a venda dos carros à combustão, e o governo estaria trabalhando na elaboração de um calendário para tal medida. Atualmente o governo chinês tem feito bastante no incentivo à indústria dos carros elétricos, através de subsídios e permitindo que empresas estrangeiras possam criar parcerias com empresas chinesas para o desenvolvimento de veículos elétricos.

A China é o maior mercado automotivo do mundo, e o tempo que o país levará para acabar com a produção e venda dos carros tradicionais, com certeza afetará todo o mercado mundial

O mercado

Cada vez mais os carros elétricos tem conquistado espaço no mercado. Um exemplo disso é a pioneira Tesla Motors, que esse ano se tornou a fabricante de veículos mais valiosa dos Estados Unidos, ultrapassando grandes marcas como Ford e GM.

A Volvo anunciou que pretende produzir somente carros elétricos e híbridos a partir de 2019. A Mercedes Bens revelou que pretende fazer o mesmo até 2022. Outras marcas, já possuem carros elétricos e híbridos, como o BMW i3 e o Toyota Prius, inclusive à venda no Brasil.

Entretanto o mercado brasileiro ainda caminha devagar em direção aos carros elétricos. De acordo com números da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), foram emplacados desde 2006 apenas 2,5 mil carros “verdes” dentro de uma frota total que gira hoje em torno dos 50 milhões de automóveis.

Uma das maiores dificuldades para que eles ganhem mais espaço no mercado é a alta carga tributária que incide sobre este tipo de veículo, tornando o preço elevado ao consumidor final.

Fontes:

Pesquisar

Facebook

GeraLinks - Agregador de links