HashTech

Por dentro da Tecnologia

Criptografia

criptchaveA palavra criptografia vem do grego onde "kryptós" significa escondido e "gráphein" significa escrita, uma escrita ilegível, a qual pode ser interpretada apenas pelo seu emissor e receptor. 

Na computação, a segurança de uma criptografia está baseada no número de bits que essa chave possui. Por exemplo, uma chave de 8 bits é capaz de formar 256 combinações diferentes. Atualmente a maioria dos algoritmos de criptografia trabalham com 128 bits, a qual gera um número absurdamente alto de combinações possíveis (experimente calcular 2^128).

Existem 2 tipos de criptografia por chaves: simétrica e assimétrica.

Simétrica: Técnica de criptografia mais antiga e conhecida. É baseado em apenas um sistema de uma única chave. Essa chave, ou segredo, deve ser conhecido por ambos.

cripsim

Criptografia Simétrica - é mais fácil de ser decifrado.

 

Assimétrica: Técnica mais robusta e segura. Baseada em um sistema com duas chaves. Uma das chaves é pública e uma é privada. 

criptassi

Esquema referente a uma criptografia assimétrica

 

Na prática

Quando você acessa o Facebook por exemplo, você deve verificar este cadeado verde. 

criptface

Isto indica que o conteúdo ali está criptografado. Ou seja, ao estabelecer a conexão, o Facebook cifrou os dados (postagens, fotos, textos) utilizando a chave pública do receptor (no caso, você) e sendo assim, somente você, na sua máquina, é capaz de usar sua chave privada para decriptografar e poder ver os dados. Não fosse a criptografia, qualquer pessoa má intencionada conectada à sua rede poderia obter seus dados do Facebook, ou da conta bancária. 

criptwhatsO WhatsApp usa criptografia de ponta-a-ponta (assimétrico). Cada usuário tem sua chave combinada com a de seus contatos, fazendo com que apenas os dois consigam ter acesso a essas mensagens. Dessa maneira os hackers, os governos e nem os próprios programadores terão acesso ao conteúdo de uma conversa.

Outro jeito de se utilizar a criptografia é no próprio computador, por exemplo a empresa McAfee possui um software de criptografia de disco interno, o qual tem a função de proteger os dados confidenciais especialmente em caso de roubo ou perda de equipamento. Todo o disco fica criptografado e só é acessível quando um login e senha autorizado são autenticados na inicialização do sistema.

Como pode-se perceber a criptografia é fundamental para a privacidade e segurança das informações na internet. As principais técnicas de criptografia hoje em dia são bastante seguras. Nenhuma delas é 100% indecifrável, mas para quebrá-las seria necessário um esforço computacional imensurável. E logiamente, haverá sempre alguém tentando criar técnicas para burlar essas chaves. Por esse motivo, as técnicas de criptogrfia são constantemente estudadas e aprimoradas.

Bit e Byte

Os circuitos eletrônicos são formados basicamente de dois estados: ligado e desligado. Pelo fato dos computadores serem formados por sequências desses 2 valores, criou-se o sistema binário, o qual permite o mapeamento dessa sequências através de combinações de números 1 – quando ligada -  e 0(zero) – quando desligada, cada valor dessa sequencia, é chamada de bit (Binary digit) e representado pela sigla ‘b’.

 

Uma sequência de bits, permite um maior número de combinações:

  • 1 bit permite 2 combinações (1 ou 0)
  • 2 bits permitem 4 combinações (00, 01, 10 e 11).
  • 3 bits permitem 8 combinações.
  • 8 bits permitem 256 combinações.

O conjunto de 8 bits é chamado de byte (representando pela sigla ‘B’), e através de um byte possível representar qualquer caracter da tabela ASCII, como mostrado abaixo:

Código Binário Representação na tabela ASCII
0010 0001 !
0110 0001 a
0110 0010 b
0110 0011 c
0100 0001 A
0100 0010 B
0100 0011 C

Com o passar do tempo, foi demandado uma quantidade muito maior de bytes por parte dos computadores e para facilitar o entendimento, são usados termos para significar um conjunto maior bits ou bytes.

  • 1024 bits representam 1Kb (Kilobit)
  • 1024 Kb representam 1Mb (Megabit)
  • 1024 Mb representam 1Gb (Gigabit)

Vale ressaltar que essas proporções valem também para os bytes, logo:

  • 1024 bytes representam 1KB (Kilobyte)
  • 1024 KB representam 1MB (Megabyte)
  • 1024 MB representam 1GB (Gigabyte)

E portanto 1Mb equivale a 125 KB.

Pesquisar

Facebook

GeraLinks - Agregador de links